John Coltrane

Nada disso, amigos!!! Não vamos começar a semana (útil) com “frases de efeito”. Vamos começar com MÚSICA DE EFEITO.

‘The Creator Has a Master Plan’, de Pharoah Sanders e Leon Thomas homenageando John Coltrane, é uma das músicas mais bonitas de todos os tempos e retrata um momento do jazz muito especial, chamado de ‘spiritual jazz’ (jazz espiritual), parte do ‘free jazz’.

Iniciado por John Coltrane nos anos 60, o movimento mostrava a busca por estados de transcendência. “Eu acredito em todas as religiões”, dizia ele, que também explorou o Hinduísmo, a Cabala, Yoga, matemática, ciências, astrologia, história da África e até Platão e Aristóteles. Sim! A Índia influenciou o Jazz, principalmente o mestre Coltrane.

Em outubro de 1965, gravou Om, referindo-se ao mantra mais importante do Hinduísmo que simboliza o infinito de todo o Universo. Coltrane descreve Om como a “primeira sílaba, a palavra primal, o poder da palavra”. A gravação de 29 minutos contém cantos de Bagavad Gita, um épico Hindu. Uma gravação de 1966, lançada postumamente, apresenta Coltrane e Sanders cantando um texto Budista, O Livro Tibetano dos Mortos, e recitando uma passagem descrevendo a verbalização primal “om” como um denominador comum cósmico/espiritual em todas as coisas. Outros álbuns seguem esta linha, como Meditations e o espetacular A Love Supreme

AMO! Selecionei três versões bem diferentes de ‘The Creator Has a Master Plan’ para vocês apreciarem. Prestem atenção à letra, que é muito doce que além de retratar o espírito do movimento, tem tudo a ver com o nosso blog.

Para começar, tipo Chill In :-), uma gravação da inusitada dupla de Leon Thomas e Louis Armstrong.

Esta outra versão ficou conhecidíssima dos nossos ouvidos 90’s. Já para dançar, por Brooklyn Funk Essentials.

E para fechar a balada deste post, a maravilhosa India Arie.

Qual versão vocês mais gostaram, hein???

Abaixo, a letra e a tradução

There was a time, when peace was on the earth,
And joy and happiness did reign and each man knew his worth.
In my heart how I yearn for that spirit’s return
And I cry, as time flies,
Om, Om.
There is a place where love forever shines
And rainbows are the shadows of a presence so divine
And the glow of that love lights the heavens above
And it’s free, can’t you see, come with me,

The creator has a master plan,
peace and happiness for every man
The creator has a working plan,
peace and happiness for every man
The creator makes but one demand,
happiness through all the land

‘Houve um tempo, quando a paz estava sobre a terra,
E a alegria e a felicidade reinavam e cada um sabia o seu valor.
Em meu coração, como eu anseio pela volta desse espírito
E eu choro, como o tempo voa,
Om, Om.
Há um lugar onde o amor sempre brilha
E os arco-íris são as sombras de uma presença tão divina
E o brilho deste amor ilumina os céus
E é livre, pode ver, venha comigo,

O criador tem um plano diretor,
paz e felicidade para cada homem
O criador tem um plano de trabalho,
paz e felicidade para cada homem
O criador faz apenas uma exigência
felicidade por toda a terra

  • Chick Corea, a Cientologia e o ‘Return to Forever’ Well, amiguinhos. As misturas deste blog podem, à primeira impressão, parecer inusitadas. E bem o são! Porque nosso grande lance é mostrar que a vida não segue o paradoxo que […]
  • Incenso: Comece o ano com a energia da casa renovada Nós, praticantes e/ou profissionais do Yoga, nos acostumamos a presença marcante dos incensos, uma herança do povo indiano e suas tradições antigas. Mas você sabe a verdadeira […]
  • Tina Turner e o mantra do bem estar Mantra é uma palavra sânscrita que significa “aquilo que conduz à mente”. O Mantra é um som sagrado, uma vibração capaz de conduzir ao estado de supra consciência. A repetição contínua […]
  • História de Buda e origem do budismo O Budismo nasceu na Índia, no séc. VI a.C., com Buda Shakyamuni. Siddhartha Gautama - "Aquele cujo Desígnio será alcançado" ( nome de origem do Buda Shakyamuni) nasceu ao norte da […]