Muitos profissionais de bem estar (e até de outras áreas) me perguntam como criar conteúdo que converte nas mídias sociais e nos emails. Por isso resolvi contar umas dicas e convidar uma “fera” no assunto para dividir uns segredinhos. A Taíssa Bach é publicitária, designer e apaixonada pelo universo do bem estar e por marketing digital.

 IMPORTANTE: Se você quer ver na íntegra o video dessa aula de marketing, participe do programa GRATUITO Ferramentas do Sucesso clicando aqui.

Antes de mais nada, é importante que a gente tenha claro o que é “conteúdo” e porque temos que usá-lo para “converter”. Conteúdo é toda informação em formato escrito, em imagens, vídeos que utilizamos para atrair e fidelizar nossa audiência. Pense naquele blog bacana em que a autora conta a história de uma viagem, mostra as fotos e vídeos com as dicas mais curiosas, charmosas e lindas do lugar. As pessoas que gostam de viagem têm uma experiência vibrante ao ler/ver o post. Sendo assim, quanto melhor for essa experiência, maior a chance dela voltar e consumir o seu produto.

No contexto do Marketing Digital, quando o conteúdo é feito especialmente para educar, criar relacionamento e ajudar o público-alvo a seguir uma certa jornada de participação, chamamos os resultados dessa jornada de “conversão”.

O que é conversão?

A conversão dependerá do seu objetivo em uma campanha: talvez você esteja querendo vender o seu curso, ou aumentar sua lista de contatos e emails, ou até ganhar mais engajamento nas mídias sociais. Portanto, é você empreendendor quem estabelece o que é um resultado favorável, ou conversão, para o seu negócio naquele momento – mais vendas, mais emails ou mais seguidores/comentários e mensagens. 

Mas como os profissionais que não têm tanta experiência em marketing e ainda “tocam” sua profissão em paralelo, podem começar a melhorar seus conteúdos e ver conversão?

1- Feito é melhor que perfeito

Esqueça a ideia de “perfeição” na hora de criar seu conteúdo que converte, pois harmonia e beleza são sempre bem vindas mas perfeição não é o que vende hoje em dia.  Se você usa a “perfeição” visual como empecilho para evoluir seu trabalho e postar, pode estar usando uma desculpa para procrastinação. Essa é uma palavrinha a ser revista no vocabulário do empreendedor eventualmente ;-) 

2- Seja revelante para seu público

Fique mais atenta a relevância do assunto /tema do seu conteúdo com o público-alvo. Como você cria, através de suas postagens, uma conexão com o problema que a pessoa está passando e/ou os sonhos que ela tem. Por exemplo uma nutricionista que ajuda seus seguidores postando receitas “low-carb”, ao invés de postar apenas fotos dela. Explore o mix nas categorias relevância (dicas) / vida pessoal / bastidores do trabalho / assuntos gerais e motivadores.

3- Mantenha a constância

Mantenha uma frequência constante de postagens que se adeque a sua realidade. Sendo assim, você pode escolher postar 03 vezes por semana conteúdos de maior valor para o público-alvo do que postar várias vezes ao dia sobre assuntos não convergentes.  Planeje de acordo com as suas reais possibilidades.

4- Recicle conteúdo

Recicle conteúdo. Alguns assuntos que você já mencionou no passado podem ser aperfeiçoados ou ganhar outros formatos. Por exemplo, um esteticista que já postou uma foto de uma máscara, pode agora abordar o mesmo assunto em um video, novas fotos, receitas opcionais etc. 

5- Seja clara sobre o seu produto

Deixe claro na sua bio o serviço ou produto você vende. No fim das contas, o seu público-alvo tem que saber explicitamente o que você faz para que esse seja mesmo um conteúdo que converte em vendas. Planeje conteúdo com propósito.

6- Use o Canva para te ajudar

Para quem não tem ainda habilidades com o Photoshop criando lindos conteúdos visuais nem recursos para contratar um designer, pense no applicativo Canva como uma boa alternativa. Explore os templates, que são as sugestões prontas do aplicativo, colocando sua foto, seu texto e adeque a paleta de cores para o que você mais gosta.

7- Fique atenta ao cotidiano

Explore o ambiente social do momento de maneira positiva e sensível, oferecendo soluções e conforto dentro da sua esfera de atuação. Porém evite entrar em brigas políticas, acusações levianas nem ofensas. Mantenha-se dentro do seu propósito de criadora de valor. 

8- Atenção a “manchete”

Os formatos de conteúdo têm evoluído assim como seuos canais de divulgação, porém um “gancho” de atenção essencial permanece o mesmo de tempos passados: o Headline (manchete). Capriche na chamada que abre o seu conteúdo, pois é o que prende o usuário/cliente. Preste atenção no que você mesma tente a ler. Exemplo: 07 dicas para mudar a qualidade do seu dia num piscar de olhos. 

9- Fortaleça sua ‘Identidade Visual’

A Identidade Visual que cria uma marca vai além do logo. Estimule o belo e o amor próprio, cuide com carinho de como você se mostra, harmonica e inspiradoramente.

10- Crie calendário com pauta

Acostume-se usar as pautas: divida sua semana e mês de acordo com as temáticas relevantes para o seu nicho. A partir daí, crie conteúdos subdivididos que respondam as perguntas dos clients / publico-alvo em relação a essas temáticas.

11- Lembre-se sempre de incluir CTA

As vezes a gente cria um conteúdo super bonitinho, dentro da pauta, com headline forte, mas esquece no final de convidar o potencial cliente à uma ação de conversão, ou seja, para uma “Call to Action” (CTA). A CTA pode ser um daqueles botões tipo “saiba mais” ou apenas uma pergunta que você faz a sua audiência, como “que vocês querem saber sobre…?”. Veja mas dicas de como acelerar esse processo com os gatilhos emocionais aqui.

Com essas dicas você já pode turbinar seus conteúdos e ver muito mais resultado com a sua audiência.

Para ter acesso ao Calendário Editorial (Planner) elaborado pela Taíssa para você seguir como exemplo, cadaster-se aqui e faça o download diretamente do Teachable. 

Gostou desse post? Deixe aqui nos comentários sua sugestão para a nossa pauta ;-)

  • Cansou de não ver retorno no que você posta?Cansou de não ver retorno no que você posta? Conheça os 08 poderosos 'gatilhos mentais' para engajar pessoas e vender eticamente seus serviços Mesmo que você nunca tenha ouviu falar da importância dos “gatilhos mentais” na […]
  • Como a empatia pode salvar o seu negócioComo a empatia pode salvar o seu negócio 05 Estratégias para usar durante a crise e criar valor A pandemia do novo coronavírus afetou drasticamente as pequenas empresas e particularmente a indústria de bem estar. Centros de […]
  • Baixe gratuitamente seu Guia ‘Bem Estar em 8 passos’ Bem Estar é uma palavra que entrou em merecidamente em moda mas infelizmente ainda carrega alguns mistérios e confusões por trás. A grande maioria das pessoas sonha em ter uma vida […]
  • Drenagem linfática para gestantes Saiba porque a drenagem linfática é tão importante para as gestantes. A gestação é um momento maravilhoso mas traz muitas mudanças ao corpo da mulher. Inchaço, dores nas costas, […]