zero 3

Habituados as “facilidades empacotadas” da vida moderna, nos habituamos ao estilo de vida que gera milhões de toneladas de lixo diariamente sem nos questionarmos se seria possível viver com apenas o suficiente e produzir lixo zero sem sofrer uma experiência de extrema privação ou uma rotina arcaica.

Mas esta família americana nos mostrou que esta realidade é possível.

Com uma casa moderna e bem decorada, dois filhos e um terrier, os Johnson adotaram um estilo de vida de mínimo consumo, compraram apenas produtos a granel para evitar embalagens, reutilizando o que já têm e adquirindo apenas o que precisam.

“É possível ter uma vida moderna e seguindo o consumo zero. Isso nos incentiva a praticar o desapego e deixar ir o que não usamos nem precisamos mais”, conta a mãe Bea Johnson.

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ZQiqHgE0h3U

Engajando toda a família, os Johnson conseguiram, além de poupar o planeta com o menor impacto possível, economizar até 15% da renda familiar em função de mudanças como a compra em mercados de produtores locais e não em grandes supermercados.

zero 1
SAMSUNG

E se a iniciativa deles parece muito extrema para você, que tal começar a refletir sobre pequenas mudanças possíveis para o seu dia a dia e ampliá-las engajando a família, hein? ;-)

#ADOREI

Saiba mais sobre a ZERO WASTE HOME, clicando aqui.

  • Por que devemos mudar? Hoje começo o post com uma pergunta que todos nós provavelmente nos faremos uma dia: "Porque devemos mudar?". Sem mudanças ficamos cristalizados. O própria vida exige mudança porque […]
  • Devagar com o consumo, baby Todo momento de crise traz muita reflexão e oportunidade. Desde a última grande crise financeira mundial, que iniciou em 2008 mas de fato nunca terminou por completo, sentimos que o […]
  • O impacto do uso de ar condicionado no consumo de energia Se tem um país calorento no mundo é os Estados Unidos. Atualmente, os americanos usam mais energia do que todas as nações do mundo juntas, para se manterem fresquinhos sob o […]
  • A sujeira que ninguém quer ver Conversando com minha aluna sobre a questão do Brasil, coisa que todo brasileiro com mínima escolarização adora fazer, me indignei silenciosamente quando "constatamos" que nada mais […]